Serophene® 50 mg









Serophene® 50 mg



Citrato de clomifeno



Para uso oral



Uso adulto





Composição e apresentações - Cada comprimido contém: Citrato de
clomifeno 50 mg. Caixas contendo 1 blíster com 10 comprimidos e 3 blísteres
com 10 comprimidos cada.



Indicação - SEROPHENE® está indicado para o tratamento da anovulação em
mulheres inférteis cuidadosamente selecionadas e que desejam engravidar. O
tratamento com SEROPHENE® é ineficaz em pacientes nas quais a deficiência
pituitária ou ovariana primária impede a possibilidade de estimulação normal.
Algumas pacientes anovulatórias podem beneficiar-se pelo uso de injeções de
gonadotrofina coriônica humana acompanhando as séries de SEROPHENE® no tempo
previsto de ovulação. Pacientes inférteis com síndrome do ovário policístico
podem responder ao SEROPHENE®.



Contraindicações - Gravidez: SEROPHENE® não deve ser administrado no
caso de suspeita de gravidez ou durante a gestação. Hepatopatia: SEROPHENE®
não deve ser administrado a pacientes com distúrbio hepático declarado com
história de disfunção hepática. Hemorragia uterina anormal: SEROPHENE® é
contra-indicado a pacientes com hemorragia uterina anormal, até que se
determine a causa do sangramento. É muito importante assegurar-se de que
lesões neoplásicas não passem despercebidas.



Precauções e advertências - Sintomas visuais: Vista turva ou outros
sintomas visuais podem ocorrer durante o tratamento com SEROPHENEÒ. As
pacientes devem evitar dirigir e/ou operar máquinas consideradas perigosas.
Diagnóstico prévio: Avaliação e seleção cuidadosa das pacientes, bem como
rigorosa atenção para as instruções posológicas, contraindicações e reações
adversas, são precauções imperiosas. Síndrome do ovário policístico: Pacientes
portadoras de ovário policístico devem receber as menores doses possíveis de
SEROPHENEÒ. O aumento ovariano e a formação de cistos associados ao tratamento
com SEROPHENEÒ regridem espontaneamente após a descontinuação do tratamento.
Gravidez múltipla: A incidência de gravidez múltipla pode aumentar quando a
concepção ocorre durante um ciclo no qual SEROPHENEÒ foi usado.



Reações adversas - Os efeitos colaterais mais comuns são: ondas de
calor, desconforto abdominal (distensão, timpanismo, dor ou sensibilidade
local), aumento dos ovários e visão turva. Ainda podem ocorrer náuseas,
vômitos, aumento da tensão nervosa, depressão, fadiga, tonturas, insônia,
dores de cabeça, pequenas perdas sanguíneas intermenstruais, dores nos seios,
urticária, aumento da frequência urinária e queda de cabelo moderada e
reversível. Aumento mínimo na retenção de BSP, exceto quando relacionado com a
administração prolongada de SEROPHENEÒ ou com hepatopatia. A administração
contínua de SEROPHENEÒ, por período prolongados, pode interferir com a síntese
do colesterol. Nas doses recomendadas os padrões séricos dos esteróides não
foram alterados de forma significativa.



Posologia e modo de usar - A dose recomendada para o primeiro ciclo de
SEROPHENEÒ é de 50 mg (1 comprimido) diariamente, durante 5 dias. Quando a
ovulação ocorre com esta dosagem não há vantagem em aumentá-la nos ciclos
subsequentes de tratamento. Se a ovulação não ocorrer após o primeiro ciclo de
SEROPHENEÒ, uma nova série de 100 mg pode ser administrada 30 dias após o
primeiro ciclo. O aumento da dose ou a duração do tratamento acima de 100
mg/dia não deve ser tentado. Se a gravidez não ocorrer após três respostas
ovulatórias a SEROPHENEÒ, tratamento posterior com o medicamento não é
recomendado.



Venda Sob Prescrição Médica.



A persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.



Maiores informações: Serviço de Atendimento ao Consumidor pelo tel.:
0800-7277293 ou na Internet: www.merck.com.br.



Registro no M.S. 1.1124.0018.



MERCK S.A.